Trombose: o que é? Como prevenir? Saiba agora!

A Trombose Venosa Profunda (TVP), conhecida popularmente como trombose, é a formação de um coágulo sanguíneo em uma ou mais veias localizadas da parte inferior do corpo, geralmente nas pernas. Entretanto, como sua estrutura é sólida e amolecida, um fragmento pode desprender-se e seguir o trajeto da circulação venosa que retorna aos pulmões para o sangue ser oxigenado. Nos pulmões, conforme o tamanho do trombo, pode ocorrer um entupimento – a embolia pulmonar – uma complicação grave que pode causar morte súbita.

A doença pode ser completamente assintomática ou apresentar sintomas como dor nas pernas, principalmente nas panturrilhas, podendo chegar até o pé e o tornozelo; sensação de queimação na região afetada; mudanças na cor da pele da região afetada pela doença, que começa a ficar vermelha ou azul e edema (inchaço) na perna afetada.

blog_shutterstock_136754948

Alguns fatores são considerados de risco para desenvolver o problema, como: permanecer sentado, em repouso ou deitado por muito tempo – quando as pernas ficam na mesma posição por um tempo prolongado, os músculos da panturrilha não se contraem, o que dificulta a circulação de sangue; algumas famílias carregam no sangue uma desordem que facilita a coagulação sanguínea, chamada de hipercoagulabilidade. Essa hereditariedade não costuma ser uma ameaça constante para a saúde, mas se combinada com outro fator de risco para a trombose, pode apresentar risco; a gravidez também aumenta a pressão exercida sobre as veias da pélvis e das pernas, mas isso só se torna um problema quando a mulher possui suscetibilidade genética para a coagulação sanguínea; alguns tipos de câncer e tratamentos aumentam a quantidade de substâncias no sangue que facilitam a coagulação; infecções gastrointestinais, como colites ulcerosas, também são consideradas um fator de risco; pílulas anticoncepcionais e terapias de reposição hormonal também podem causar trombose, principalmente se associadas ao tabagismo; a obesidade é um sério fator de risco para a trombose, pois o excesso de peso e o acúmulo de gorduras exercem ainda mais pressão sobre as veias, dificultando a passagem do sangue, principalmente nos vasos da pélvis e das pernas; o hábito de fumar afeta a circulação de sangue e facilita a coagulação e pessoas acima dos 60 anos de idade também são mais propensas a desenvolver trombose do que pessoas mais jovens.

Por isso, previna-se: procure um médico para saber se você pertence ao grupo de risco, porque existem medidas preventivas que podem e devem ser adotadas; pare de fumar. Os componentes do cigarro lesam veias e artérias; consuma bebidas alcoólicas com moderação; movimente-se, o sedentarismo pode influenciar no desenvolvimento da doença, use meias elásticas, especialmente se você tem varizes; não se automedique. Procure assistência médica imediatamente se apresentar algum sintoma que possa sugerir a formação de um trombo.

Se precisar de nós, não hesite em nos procurar: www.ultrafarma.com.br!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s