O que é labirintite? Quais são os sintomas? Descubra agora!

A labirintite é uma doença do ouvido que afeta o labirinto e suas estruturas responsáveis pela audição e pelo equilíbrio. Infecções e inflamações são as principais causas para a doença, como a otite média e o resfriado. Outros fatores, ainda que com menos frequência, também podem provocar labirintite, alguns deles são: doenças neurológicas, compressões mecânicas, alterações genéticas, alergias, consumo exacerbado de álcool, tabagismo, má alimentação, jejum prolongado e o consumo de açúcar e café em excesso.

blog_shutterstock_142472185

Na labirintite, as áreas do ouvido interno ficam inflamadas e irritadas, fazendo os nervos do vestíbulo enviarem sinais incorretos ao cérebro como se o corpo estivesse se movendo. No entanto, outros sentidos, como a visão, não detectam esse movimento, causando uma confusão entre os sinais recebidos pelo cérebro e, consequentemente, a perda das noções de equilíbrio. Por isso, o principal sintoma da labirintite é a vertigem, em que a pessoa sente que tudo ao seu redor está girando. Normalmente, a labirintite vem acompanhada de outros sintomas, como: tontura, náuseas / vômito, perda de audição, desequilíbrio, zumbidos no ouvido e audição diminuída.

Para identificar se você realmente tem labirintite, é extremamente necessário que procure um médico. Caso a doença já tenha sido diagnosticada, para evitar que os sintomas piorem durante as crises, deite e descanse quando os sintomas se manifestarem, retorne à atividade gradualmente, evite mudanças de posição repentinas, não tente ler quando os sintomas surgirem e evite luzes fortes.

Se você permanecer com dúvidas procure seu médico e para adquirir seus medicamentos, acesse: http://www.ultrafarma.com.br. 😉

Anúncios

Exagerou no carnaval? Veja dicas para amenizar a ressaca e o cansaço!

O carnaval é uma festa e tanto, né? É uma data para se divertir, celebrar a amizade, curtir suas escolas de samba preferidas e sambar muito! Mas durante os dias de folia acabamos exagerando e só depois vêm as consequências: ressaca, dor de cabeça, cansaço mental, etc.

blog_shutterstock_84466603

Depois da festa é hora de se recuperar, descansar o corpo e a mente e se preparar para voltar aos estudos/trabalho.

Para começar, recupere o sono perdido e volte a sua rotina! Dormir 8 horas por dia é fundamental para o bom funcionamento do corpo e da mente, por isso, aposte em uma boa noite de descanso para aliviar a fadiga do corpo e o cansaço mental.

Com tantos dias de folia, normalmente esquecemos a dieta e investimos em alimentos gordurosos e calóricos, né? Agora é hora de voltar a ter uma alimentação saudável e cuidar do seu corpo e da sua saúde. Invista em frutas, consuma pelo menos 3 frutas durante o dia, elas são fontes de diversos nutrientes e também possuem ação antioxidante que irá ajudar em sua recuperação; legumes e verduras e ômega 3, que pode ser encontrado em salmão, sardinha, atum e sementes de chia e linhaça.

Para amenizar a ressaca e a dor de cabeça, invista em muito líquido! Os chás, por exemplo, melhoram a sensação de enjoo, ajudam na digestão e você pode escolher entre carquejo, gengibre, hibisco boldo e hortelã. O suco de abacaxi, hortelã e gengibre e a água de coco também podem te ajudar na recuperação pós carnaval.

Além disso, beba no mínimo 2 litros de água por dia, pois esse líquido ajuda a eliminar toxinas de seu organismo, além de hidratar o corpo, o que é muito importante depois de uma semana de exageros.

E aí, curtiu nossas dicas? Agora é só voltar para sua rotina totalmente recuperado da festa. 😉

Você sabe o que é a Coenzima Q10 e pra que ela serve? Descubra!

A coenzima Q10 é uma molécula que existe no nosso organismo e que desempenha um papel fundamental no metabolismo energético, e na proteção antioxidante das nossas células.

blog_shutterstock_143001541

Também conhecida como ubiquinona, a coenzima Q10 é semelhante a uma vitamina, que pode ser naturalmente produzida pelo nosso organismo e também obtida por meio da alimentação! No nosso corpo, a coenzima Q10 pode ser encontrada em maior concentração em órgãos como o cérebro, coração, fígado e rins. Já na dieta, a coenzima Q10 é encontrada em maior concentração nos alimentos como carne suína, bovina e frango, sardinha, nozes, grão de soja, pistache, espinafre, brócolis, óleos de soja, gergelim e milho.

As funções da Coenzima Q10 são principalmente a nível da mitocôndria, a central energética das células. Quando transformamos os alimentos e o oxigénio em energia (ATP), a parte final desta transformação depende da presença de Coenzima Q10, e sem os níveis adequados desta, as nossas células não são capazes de produzir energia de uma forma eficaz.

Ela promove benefícios como: efeito anti-inflamatório, ação antioxidante; melhora o aspecto da pele, uma vez que ameniza flacidez e rugas; auxilia no tratamento e prevenção de doenças cardiovasculares, além de proteger o coração durante cirurgias cardíacas; pode contribuir na melhora da performance esportiva, devido à produção de energia e vasodilatação, que melhora o transporte de oxigênio e nutrientes para o corpo, inclusive para o músculo;

Além disso, tem-se associado a coenzima Q10 com a perda de peso! Mas, afinal, a coenzima Q10 emagrece? Sim, a coenzima Q10 pode auxiliar no processo de perda de peso, pois essa vitamina é importante para a queima de gordura acontecer de fato. Entretanto, seu consumo deve estar aliado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis.

Agora que você já sabe de todos os benefícios da Coenzima Q10, você pode comprá-la com tranquilidade, basta acessar nosso site: http://www.ultrafarma.com.br. 😉

Você sabia que a praia pode oferecer risco à sua saúde? Entenda.

Curtir o verão na praia é uma delícia, né? Quem mora lá só pensa em aproveitar o mar e quem vive longe do litoral, corre para fazer as malas e aproveitar o sol! Mas você sabia existem cuidados que devemos tomar com o sol e com a praia? Vamos descobrir quais são esses cuidados…

blog_shutterstock_49854568

Como você já sabe, você deve tomar sol apenas antes das 10h e depois das 16h, devido a intensidade do calor e dos raios solares. Consumir líquidos constantemente é muito importante, afinal, a hidratação é essencial nos dias de calor. Na alimentação prefira comidas leves, como saladas, frutas e legumes, evite ingerir frituras e comidas vendidas na praia, como queijos e frutos do mar. Para proteger a pele, tente levar sempre acessórios como óculos, chapéus e bonés e escolha um protetor solar de acordo com seu tom. Evite desconfortos, insolação e queimaduras!

Já na praia, os cuidados devem ser redobrados! A areia, por exemplo, é um ambiente propício a bactérias que podem causar micoses, normalmente nas unhas e dedos. Além disso, segundo um levantamento realizado pelo Centro de Tecnologia da PUC-Rio, o chuveirinho que é usado para refrescar os banhistas, pode conter fosfato, que é um elemento presente na urina.

Isso acontece porque normalmente as pessoas urinam ao se banharem no chuveiro, e a urina desce pela areia até chegar à bomba que leva aquela água contaminada para ser reutilizada na ducha. Entretanto, o problema não é o contato com a pele, mas a ingestão do líquido. O banhista pode, sem querer, ingerir a água durante a ducha, o que pode causar doenças. Por isso, fique sempre atento e cuide da sua saúde!

E aí, curtiu nossas dicas? Agora é só praticar e aproveitar o verão! 🙂